8 de mar de 2012

Em Chamas (Jurandir Bozo)



Meu corpo arde em chamas
E com cara de quase gozo
Minha boca ainda sente seu gosto
Mas nem isso me prende a você
Ainda me sinto só
Por mais que seja nítido
Que você esta em mim
O respeito a nossa liberdade
Não nos permite
No calor que me queima
Ou na saliva que evapora
Febril chamo por seu nome
Por mais certeza que tenha
Que nem você nem seus comentários
Vem aos meus vazios
Eu venho e escrevo
Escrevo para o que criei
Mas sem respostas eu vejo
Que escrevo pra ninguém
Que não
Para mim mesmo


4 comentários:

Eduardo Viana disse...

Muito bom!!!

Jurandir Bozo disse...

Nossa que visita massa! Valeu meu velho!

Simone Campanerute disse...

Caramba .... sai tudo dessa cabeçinha ai? demaissss

Jurandir Bozo disse...

As vezes lembranças outras vezes fantasia mesmo! rs... Mas digo que to adorado ir ler seu blog. Na verdade agora só quando voltar a postar pq já o li todo. rs

Grato pela visita e volte sempre, pois esse seu comentário me fez ganhar a noite.