16 de dez de 2009

A Exceção e a Regra (Bertolt Breht)





Estranhem o que não for estranho
Tomem por inexplicável o habitual
Sintam-se perplexos ante o cotidiano
Tratem de achar um remédio para o abuso
Mas não se esqueçam
de que o abuso é sempre a regra

Nenhum comentário: