11 de abr de 2010

Sabes? (Giselle Moreira)



Não somos
Sonhamos à lua
Deliramos ao sol
Entorpecemos (nos)

Não sei
Não somos
Delirei à lua
Sonhei ao sol
Embriaguei (me)

Não sabes
Não somos
Acordaste à lua
Desmaiaste ao sol
Intoxicaste (te)

O silêncio
E as palavras
São coniventes
Com todo nosso infortúnio
Com todas as nossas dúvidas
.



(Pela advento da tecnologia veio essa doce menina que voa na poesia em contraste ao seu universo de exatidão concreta das medidas e formas de construção, gosto da forma que artesanalmente ela desliza suas palavras e sua sinuosidade mais sutil.)

Nenhum comentário: