7 de jul de 2011

Subtonando com o Mundo (JurandirBozo)


Hoje o dia está com um gosto de nada
Que até chega a me amargar a boca
Tirando minha vontade de viver
Então expiro o hálito que me trava a língua
Como se quisesse cantar
Deixando ir com o vento
Tudo de podre que sonhei ontem
Em mim apenas velhas cresças
Fracassos íntimos
Que fazem parte de mim
Amores, trabalhos, amigos
Uma certeza só me cerca
Eu e a felicidade
Temos pouco em comum
E talvez por isso minha voz rouca
Ande tão desafinada do resto do couro
Cansada das melodias que se repetem
Subtonando com o Mundo
Entre a verdade do todos
E as fantasias ou mentiras
Que ainda insisto em acreditar
Acreditar cantando.

Nenhum comentário: