4 de out de 2005

O Domingo que Sorriu! (Fábio Sirino)


Como sorri é bom?
Falar o mais rápido possível
Esquecendo os defeitos alheios
Sendo simples ao complicar a vida
Ou apenas sendo...

Vejo uma noite de domingo sem horas
Onde o tempo voa
O tempo vai e a gente se esqueci
De lembrar delas sem preocupações
(Creio que você sempre seja assim, despreocupada)
Para ouvir o mar de fundo
A tantas bobagens significantes

Esqueço a tua frase
Para um poema imperfeito
O que não deveria ser escrito (postado)
Tampouco dito ou explicado

Na mentira dos risos
Vejo verdade nos olhos teus
Da menina que tem medo
E com coragem fala
Fala, e fala sem parar
Como falar é bom!

O planeta esquecido
Que lembrastes a mim
Ou a foto dos teus pés
Uma noite quase perfeita
Com vidas contadas em causos e prosas
Sem e com justificativas

O que é ser louco?
Se for igual ate
Quero ser louco também
E fazer reforço escolar
Para aprimorar minha loucura!

Sem medo a menina vai
Pelas ruas perigosas
E por mais que te advirta
Não existe tomada pra te
E tua energia não se verifica em volts
(Tua descarga elétrica fundiu a minha cabeça de veio)
Fumo o cigarro que foi teu...
Já não é mais domingo
Já não sei mais o que escrever
Para alguém tão espontânea
Para alguém tão(...)

Esse domingo retificou
O conceito de dia chato e desinteressante
Pois foi uma das noites mais...
...Que vivi nas ultimas que madruguei
E nem precisei sonhar
Pois tu estavas ali...

Como é bom viver!
O mar as nossas estórias
De vidas que são distantes e distintas
Mas como é bom sorri!
E como foi bom ver você sorri!