20 de mai de 2018

A Patinadora ( Jurandir Bozo)




Dance menina, dance...
Que a vida hoje lhe dará passagem,
Para que sobre rodas e sonhos,
Suas lutas nos encante os olhos.
Acredite menina, acredite!
E quanto estiveres distante dos sorrisos,
Estará mais próxima da superação
E estes momentos
Jamais lhe serão estranhos,
Pois nascestes para ser dona dos seus dias,
E protagonista de sua própria história.
Assim deixe que o brilho de seus olhos
Tome seu sorriso,
E que mesmo “molhado
De alguma coisa feito solidão”,
Possa sorrir, sabendo que tudo vai passar
Pois " todo mundo quando chora,
Põe para fora água do mar"....
Então permaneça
Sendo este oceano
De força, encanto e mistérios.



(citações dos poemas: Jose Paulo Ferreira – “Alguma coisa feito Solidão” / Cosme Rogerio – “Todo mundo quando chora põe pra fora agua do mar”)


Um poema inspirado e dedicado a doce Fernanda Venâncio. 

Nenhum comentário: