18 de fev de 2010

Boa Noite (Anna Cecília)



Eu confio na minha estrutura porque ela é meu par,

Eu atraio gigantes porque eles insistem em me acompanhar,


Eu desafio meu heróis porque eu sei a arte de ganhar,


Eu provoco sua ira porque minha pele tem sede de matar,


Eu alimento meus desejos porque são eles que me fazem caminhar,


Eu posso ser o que quiser basta você me invocar,


Eu acendo minha vela só pra sentir seu corpo queimar,


Eu apago agora as luzes...


Boa Noite.


Fui sonhar...


Assim tão natural quanto o vento, nos descobrimos e firmamos um dialogo, ela encantadora no auge do pulsar da juventude, em beleza escrita e descrita em fotografias.

Hoje descubro quase que sem querer mais uma de tantas magias que em plenitude ela exerce com o dom de ser mulher, menina e contestadora cheia de indagações e questionamentos, sua inquietude é digna da alma de uma artista.

Espero que a tenham olhado com os olhos abertos para esse mundo que estar por vir, onde minha alagoas se enche de força e se redescobre em novos corações apaixonados por uma liberdade de criar sem rótulos.

Seja muito bem vinda a nossa casa, enlouqueceremos juntos aqui.

Jurandir Bozo

Nenhum comentário: