13 de mai de 2008

A Culpa de Daniel. (Fábio Sirino)


Adoro ser humano...
-Mas quando ouvir Renato
Percebi que realmente gostava mais das meninas
E mesmo vendo um Zé (Celso) dizer...
- Eu não sou hetero, eu não sou homo
Eu estou é vivo...!
- Com eles aprendi a respeitar
Os que gostavam mais dos meninos
O estar para mim sempre foi mais forte
Creio que estamos e vivemos
Momentos e sentimentos distintos
Sem ser mau ou bom
Somos um pouco de tudo
E não tenho medo de ver em mim
A beleza do outro que enxergo no espelho
Que reconheço até nos outros iguais
Acredito que Daniel já não se encontra na cova
E grito a ele
- Saia Daniel! O casulo precisa ser quebrado
Ninguém precisa morrer por isso...
- Talvez ele nunca me escute
Mas não desisto de gritar
Pois Daniel pode até não me ouvir
Mas os leões, ah os leões
Esses já me escutam sim
E sabem do que estou falando...
Eles que já comeram os negros
Os índios e tantos outros brancos
Mas às vezes ainda me pergunto
- Se já comeram tantos
Por que ainda querem a CUlpa de Daniel?

(Aos amigos e amigas que sofrem pelo pré julgamento.)
Alinhar à direita

Um comentário:

Uma lunática a mais... disse...

Criaturas pensantes... Será que elas ainda existem?! Sim, elas existem! E você, meu mais novo amigo, é uma delas! Você faz o mundo ter mais sentido pra pessoas como eu, que as vezes chega a desacreditar dos seres humanos(falando assim, parece até que
não sou humana...).
Pra pessoas comuns, é mais facil simplesmente nao "pensar"... Pra pessoas como você, nao "pensar" simplesmente e impossivel! E isso é o que lhe faz um ser fantastico.
Agora que pude lhe "conhecer" posso dizer que sou ainda mais sua fã!
Paz pra você pessoa...
Xêru!