24 de set de 2005

A Rainha dos Meus Escritos (Fábio Sirino)

Era noite
E eu só queria falar-te
Tudo que já havia escrito
No conforto da tecnologia

Saber enfim coisas tuas
O que sei, concretizado
De sonhos e pesadelos meus
Que tu despertastes em mim

Do que vale minha poesia
Se ela não te toca
Não alcança teu coração

Canso de ser mosqueteiro
Num desejo de tornar-me Dartanhã
Para conquistar a rainha dos meus escritos